João Vitti Protagonista do sexto episódio de Milagres de Jesus disse que aprendeu muito com a minisserie



Ao conversar com o R7, o ator João Vitti, que interpreta Fídeas, contou que ficou muito feliz com o convite para fazer parte do elenco da minissérie. De acordo com o ator, o ensinamento que a passagem de Fídeas traz para a humanidade são os valores da compaixão, da humildade e da própria fé.

— As causas que geram o sofrimento nos homens são os mesmos em qualquer época. Seja a desarmonia, a doença, a falta de riqueza ou até mesmo o vício. Acredito que em qualquer época isso é inerente ao ser humano. Trazer isso em primeiro plano é maravilhoso porque foge totalmente de um discurso religioso. O foco é o que essas pessoas experimentam e o processo de transformação. Eu acho que Jesus estava ali para inspirar a esperança, a possibilidade de mudança nas pessoas.

Vitti falou ainda que, ao estudar os textos que iria executar durante as gravações, se surpreendeu com uma frase que aprendeu ainda quando criança, mas que entendeu o real sentido das palavras depois que deu vida a Fídeas.

— Quando eu era criança, eu estudei em colégio de padre e me lembro muito da frase: “Senhor, não sou digno que entreis em minha morada. Dizei uma só palavra e serei salvo.” Essa é a frase que está na boca do meu personagem e após dizê-la a Jesus, Fídeas volta para casa e encontra o menino curado.


A Cura do Servo do Centurião é o sexto episódio da minissérie Milagres de Jesus e irá retratar a emocionante relação de amor e fé entre o centurião romano Fídeas e seu servo Rafael. No começo da história, que tem uma passagem de tempo de 15 anos, Fídeas comanda um pelotão de dez soldados romanos e recebe a difícil missão de exterminar o líder dos zelotes, povo hebreu que não se conforma com a ocupação romana na Palestina.

Embora seja muito fiel ao Exército romano, Fídeas não concorda com a opressora forma de dominação sobre os hebreus e sente enorme culpa ao ter de executar Mordecai, o líder dos zelotes. Após saber que a mulher de Mordecai, Liora, também foi executada, ele decide levar o filho do casal, Rafael, de apenas cinco anos, para viver com sua família em Cafarnaum.

A segunda parte da história já mostra Rafael com 15 anos. O rapaz é servo da família de Fídeas, embora tenha sido criado por ele como filho. Os dois convivem em total clima de carinho e cumplicidade, o que sempre gerou incômodo em Nênia, mulher do centurião. Rafael se torna um rapaz de muita fé, que admira as palavras de Jesus Cristo. Fídeas também simpatiza com as ideias do messias, mas não pode assumir que abandonou as crenças romanas. No entanto, quando Rafael fica gravemente ferido após uma luta contra os zelotes, Fídeas não pensará duas vezes antes de recorrer ao Mestre dos Mestres.



Fonte: Ligado no Gospel , R7

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 10 - Música Gospel Mais tocadas nas rádios em 2014

Hora do Teatro - Não Toque

Biografia - Elevation Worship