Biografia - Kerrie Roberts

     


   Com apenas 5 anos de idade, Kerrie Roberts chamava atenção das pessoas com sua voz, fosse cantando solo ou no coral da igreja.. “Eu era tão pequena, tinham que colocar um engradado de leite para que a congregação pudesse me ver”, ela ri. Hoje, quando você ouve a voz enorme de Kerrie, fica claro que há muito mais acontecendo aqui do que apenas um talento vocal. Dinâmica, mas muito intimista, excepcionalmente emotiva e sentimental, as 10 músicas do álbum auto-intitulado de Kerrie, são definidos pela empatia e força de cada letra.
Por isso, podemos agradecer a sua família o devotado tempo que ela passou fazendo parte do ministério de seu pai. “Meu pai é um pastor, por isso toda a minha família tem sido moldada pela igreja”, explica Kerrie. ” Fui crescendo e vendo meus pais serem apoio nos momentos de tristeza, desespero e tantos outros momentos na vida de várias pessoas. Eles sempre me ensinaram a estender a mão para os necessitados de encorajamento e de esperança. Isso é algo que ressoa em mim e algo que eu amo ser parte. ”

    Kerrie começou a escrever suas primeiras canções na escola, e apresentou uma delas em sua formatura. Na hora de decidir sua faculdade, ela não teve dúvida. Vou fazer música, disse ela. “crianças pequenas têm sonhos. O meu sempre foi ser cantora. Nunca desejei nada diferente disso “, diz ela com um sorriso.
   Quando terminou a faculdade, Kerrie começou a perseguição,quase sempre dolorosa, para fazer música profissionalmente. Sempre dinâmica, ela continuava escrevendo e cantando na localidade onde morava. Durante um ano, viveu como back vocal do lendário ícone Engelbert Humperdinck.
   Enquanto vivia na Flórida, se sustentou dando aulas em escolas primárias, trabalhou em ecscritório de contabilidade. Em 2008, mudou-se para Nova Iorque com duas malas na mão e foi morar num minúsculo apartamento , com quase nenhuma mobília. Trabalhando em um escritório, ela foi atrás de seu sonho musical e cantava a noite nos bares da cidade. Mas o sonho não se concretizou. Kerrie não estava desesperada por uma gravadora … ela estava desesperada com a situação que estava vivendo. Deixou de aceitar várias ofertas, por não achar que era a hora e o lugar certo. Até que a hora pareceu chegar. “Eu agradeço tudo que passei até aqui, toda a minha jornada profissional, porque foram todos estes momentos dolorosos que me prepararam para o que estou vivendo agora”, diz ela.
   Não é nenhuma surpresa o que ela apresenta neste álbum de estréia. Com um talento de tirar o fôlego , Kerrie explora a natureza da fé, esperança e amor. São canções para expressar a verdade que existe em cada um de nós.
    “No Matter What”, primeiro single e música que abre o álbum, é uma delícia hipnótica que dá o tom lírico para o registro inteiro.”Deus tem o poder de salvar e proteger você de toda a dor que surge em sua vida, mas há vezes Ele opta por não”, diz Kerrie, que tem escrito sobre os créditos a cada canção. “No Matter What‘’ é uma declaração de servir a Deus porque Ele te salvou de seu pecado, não porque Ele está te poupando da dor desta vida.”
   “Muita gente acaba perdendo a sua fé porque esperam que o cristianismo seja brilhante com um deus que só responde às suas preces com um ‘sim’. Eu queria que este álbum fosse uma reflexão honesta da vida cristã, que servimos a um Deus que permite o sofrimento, mas, que passa por ele junto com você ” ,diz ela.
Esta paixão pela fé autêntica permeia a escritora Kerrie. “Take You Away”. Com a sua gama dinâmica vocal e poder em plena exibição, Kerrie atrai os feridos, que servem como um movimento “wake-up call”(Acorde) para a igreja. Ela diz: “Se você é alguém que está sofrendo, por vezes, a igreja local é o último lugar que você gostaria que as pessoas soubessem o quebrantamento que Deus está fazendo em sua vida, suas fraquezas, ou os erros que você cometeu.. No entanto, apesar do fingimento religioso que acontece às vezes, todo mundo tem coisas pelas quais estão lutando. Sua igreja deve ser a sua família, onde você pode ir e ser seguro, vulnerável e ser cuidado. Uma igreja saudável é uma igreja que cuida. ”
   Se há uma canção no álbum que resume a filosofia ao longo da vida de Kerrie, é a bela e intensa “This Love Doesn`t Run”. Ela explica: “Para mim, esta é a canção tema para a minha vida. Muitas vezes, nos derramamos tanto de nós mesmos em outras pessoas e relacionamentos, ou corremos atrás de objetivos pessoais. No entanto, nos damos muito para aquelas coisas que podemos perder. Deus é a única “coisa ‘” que nunca vai fugir de você". Kerrie então cita parte da segunda estrofe da canção, “Você é o único para quem eu posso viver e eu nunca vou ter medo de perder o que dei . Isso diz tudo para a minha vida inteira. ”
   A voz versátil da artista são mais exibidos com “Keep Breathing”, uma dose pra alma com sabor de encorajamento.Kerrie escreveu a canção há quase três anos. Ela revela: “Eu acordava todas as manhãs com a sensação de” Essa não é a minha vida, pois sei o que ela deve ser. É tão claro na minha mente e eu ainda estou indo fazer a contabilidade de hoje. O que estou fazendo de errado? ” Todos os dias no meu diário, eu disse a mim mesmo “manter a respiração.” Esta tem sido a música do meu passado que minha família e meus amigos me disseram, “eu ouvia isso todos os dias quando me dirigia para o trabalho e isso me ajudava a passar.”
  Quando perguntei o que ela espera de seu público, Kerrie diz, “eu quero compartilhar o amor incondicional que foi derramado em minha própria vida. Espero que quando as pessoas ouvirem essas músicas, possam se identificar com a emoção delas, que saibam que não estamos sozinhos. E, finalmente, eu quero que os ouvintes possam ser preenchidos com um senso de propósito – uma realização da verdade e uma promoção da esperança
e cura.

Fonte: Gospel Prime

Vejam abaixo uma musica da cantora:





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 10 - Música Gospel Mais tocadas nas rádios em 2014

Top 10: Bandas e Cantores Internacionais de sucesso no Brasil - II

Biografia - kim Walker Smith